Notícias

Mais duas universidades de Portugal assinam parceria para usar nota do Enem na seleção

Mais duas universidades de Portugal assinam parceria para usar nota do Enem na seleção

Mais duas universidades de Portugal assinam parceria para usar nota do Enem na seleção

Universidade Portucalense e Instituto Universitário da Maia firmaram acordo com Inep. Ao todo, 26 universidades portuguesas são parceiras do Brasil para o uso do Enem.

A nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passou a ser aceita como método de seleção de estudantes brasileiros por mais duas universidades de Portugal: Universidade Portucalense, na cidade do Porto, e Instituto Universitário da Maia (Ismai), no norte do país.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a assinatura do convênio com essas duas instituições leva a um total de 26 acordos firmados com universidades portuguesas. (confira lista completa abaixo)

Como funciona

Cada universidade parceira define qual será a nota de corte do Enem para cada um de seus cursos. Cabe ao Inep conferir os resultados dos brasileiros que pleiteiam uma vaga no exterior.

Na Universidade Portucalense, por exemplo, a escala de classificação funciona de 0-200 pontos. O estudante brasileiro que quiser concorrer a uma das vagas deve dividir sua nota do Enem por 5 para saber sua pontuação no processo de seleção português.

As datas de candidatura são publicadas nos sites das instituições: http://www.upt.pt/page.php?p=550 e http://www.ismai.pt/pt/internacional.

Lista de universidades

Abaixo, confira a lista completa das 26 universidades portuguesas que oficializaram a parceria com o Inep para usar a nota do Enem como método de seleção de estudantes do Brasil:

  1. Universidade de Coimbra (26/05/2014);
  2. Universidade de Algarve (18/09/2014);
  3. Instituto Politécnico de Leiria (24/04/2015);
  4. Instituto Politécnico de Beja (10/07/2015);
  5. Instituto Politécnico do Porto (26/08/2015);
  6. Instituto Politécnico de Portalegre (08/10/2015);
  7. Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (09/11/2015);
  8. Instituto Politécnico de Coimbra (24/11/2015);
  9. Universidade de Aveiro (25/11/2015);
  10. Instituto Politécnico de Guarda (26/11/2015);
  11. Universidade de Lisboa (27/11/2015);
  12. Universidade do Porto (09/03/2016);
  13. Universidade da Madeira (14/03/2016);
  14. Instituto Politécnico de Viseu (15/07/2016);
  15. Instituto Politécnico de Santarém (15/07/2016);
  16. Universidade dos Açores (04/08/2016);
  17. Universidade da Beira Interior (20/09/2016);
  18. Universidade do Minho (24/10/2016);
  19. Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Cespu) (24/03/2017);
  20. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (05/04/2017);
  21. Instituto Politécnico de Setúbal (05/04/2017);
  22. Instituto Politécnico de Bragança (06/04/2017);
  23. Instituto Politécnico de Castelo Branco (22/05/2017);
  24. Universidade Lusófona do Porto (25/05/2017);
  25. Universidade Portucalense (26/07/2017);
  26. Instituto Universitário da Maia (Ismai) (26/07/2017).

Brasileiros contam como é usar nota do Enem para estudar em Portugal

Ainda quando apenas 12 universidades aceitavam as notas do Enem, oG1 ouviu estudantes que contaram que variação da língua e contas em euros são os principais desafios de estudar em Portgal. Veja o vídeo abaixo:

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *