Notícias

Marcelo Rebelo de Sousa confirma compra de aviões da Embraer, diz Temer

Marcelo Rebelo de Sousa confirma compra de aviões da Embraer, diz Temer

Marcelo Rebelo de Sousa confirmou a compra de seis aviões da Embraer no encontro com Temer, realizado esta quarta-feira em Lisboa.

O Presidente do Brasil, Michel Temer, anunciou hoje que o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa lhe confirmou a compra de seis aviões da Embraer no encontro que os dois chefes de Estado realizaram quarta-feira em Lisboa.

“Durante minha visita a Lisboa, o Presidente português confirmou a compra de seis aviões da Embraer. Mais investimentos no Brasil”, escreveu Michel Temer na sua conta pessoal na rede social Twitter.

Num vídeo publicado na mesma rede social, Michel Temer reiterou a informação: “Em Portugal nós tivemos a confirmação da compra dos seis aviões da Embraer, cinco aviões mais um. Um avião cargueiro KC390, um avião moderníssimo”.

O Presidente brasileiro efetuou em Portugal uma escala em viagem para a China, para participar numa visita oficial à China e ainda na cimeira dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), que decorre em Pequim entre os dias 03 e 05 de setembro.

A declaração do Presidente brasileiro vem na sequência do anúncio no passado dia 27 de julho pelo Governo português sobre o início de negociações com a Embraer para a compra de cinco aeronaves militares KC-390, usadas também para combate a incêndios florestais.

A resolução do Conselho de Ministros, publicada em Diário da República, com efeitos imediatos, refere “até cinco aeronaves KC-390, com opção de mais uma”, e ainda a respetiva sustentação logística e um simulador de voo (fullflight simulator CAT D), para instalação e operação em território nacional.

A resolução do Conselho de Ministros determina ainda a elaboração, até finais de outubro, ou no prazo máximo de três meses, de um relatório detalhado que “identifique todos os aspetos relevantes e necessários à introdução do novo sistema de armas KC-390 na Força Aérea, com as possíveis opções para decisão final, incluindo as decorrentes da negociação com a Embraer, respetivos cronogramas, custos associados e com o objetivo de se atingir a Capacidade Operacional Inicial (Initial Operational Capability – IOC) até ao final de 2021”.

O ministro da Defesa é, segundo o diploma, quem dirige as negociações com a Embraer e as negociações com outras entidades e quem constitui uma equipa – com representantes nomeados pelo Ministro das Finanças, pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e pelo Ministro da Economia – responsável pelo relatório.

Portugal esteve envolvido no projeto de desenvolvimento e produção do KC-390, um compromisso reforçado em 2011 pelo ministro da Defesa e a Embraer, num acordo visando uma potencial aquisição por Portugal de aeronaves KC-390, nomeadamente mediante o acompanhamento pela Força Aérea do desenvolvimento de configuração da aeronave.

Fonte: www.dinheirovivo.pt

Pensando em investir em Portugal ?

Fornecemos um atendimento personalizado e exclusivo, prezando pela segurança jurídica, realizando acompanhamentos do cliente em todas as etapas do negócio.

Entre em contato conosco e faça como muitos brasileiros que redescobriram Portugal.

Leia também o “Descobrimento às avessas” e “Elite brasileira traz novos negócios para Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *