fbpx

Notícias

Ribeirão Preto registra 3,5 mil legalizações de dupla cidadania por mês

Ribeirão Preto registra 3,5 mil legalizações de dupla cidadania por mês

Ribeirão Preto registra 3,5 mil legalizações de dupla cidadania por mês

Desde o início do ano, foram 14 mil registros, segundo a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo

Os jovens de Ribeirão Preto têm buscado cada vez mais oportunidades no exterior. Após quatro meses do início de apostilamento pelos cartórios – reconhecimento de documentos para uso no exterior -, 14 mil legalizações já foram feitas na cidade, o que representa uma média de 3.500 registros mensais, segundo a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP).De acordo com Leonardo Munari, presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (Anoreg/SP) e oficial do 2º Cartório de Registro Civil da Vila Tibério, grande parte das legalizações é feita por jovens que desejam fazer graduação e especializações no exterior. Antes desses serviços serem prestados pelos cartórios, os documentos precisavam passar pelo Ministério das Relações Exteriores e depois pela embaixada do país que se desejava viajar, um processo que demorava meses.

Segundo a advogada especialista em processos de dupla nacionalidade Lucimara Basta Marcussi, Itália e Portugal estão entre os países mais visados pela população do sudeste em função de grande parte das pessoas serem descendentes de imigrantes desses lugares. “A dupla nacionalidade é muito almejada por jovens que planejam estudar na Europa. Integrantes da União Europeia têm acesso facilitado a universidades, até mesmo obter bolsas de estudos integrais”, ela diz.

Maria Antonia Quaggio é uma dessas jovens que buscaram a dupla cidadania. Para Maria, isso serve como um plano B. “Meu pai sempre pensou em termos uma opção caso as coisas aqui no Brasil não estivessem boas”, ela diz. Mas, desde que conseguiu a nacionalidade italiana, já aproveita as vantagens, como a não exigência de visto para a entrada em países da União Europeia.

Fonte: www.revide.com.br

Já pensou em morar em Portugal ?

Se já passa aqui as suas férias, porque não fica a residir? Para além de todas as razões que já conhece, saiba que Portugal possui condições atraentes para fazer aqui, o seu investimento.

Entre em contato conosco e faça como muitos brasileiros que redescobriram Portugal.

Fornecemos um atendimento personalizado e exclusivo, prezando pela segurança jurídica, realizando acompanhamentos do cliente em todas as etapas do negócio.

Leia também o “Descobrimento às avessas” , “Elite brasileira traz novos negócios para Portugal

Portugal um dos melhores países para viver” , “Crédito à habitação em Portugal. Saiba quais os municípios onde é mais fácil comprar casa” e “Já pensou em morar em Portugal? Saiba o preço médio de uma casa no país

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *